Pele de corredora

Faço esporte outdoor – corro, pelo menos, 2 vezes por semana e ando de bike uma vez. Durante o final de semana, o horário que uso para a prática de esportes ao ar livre é o pior possível: entre 10h00 e 12h00. Ou seja, quando o tempo permite, entro em contato com o sol ao menos duas vezes por semana em horários perigosos. Isso modificou meu cabelo e pele, que passaram de oleosos a secos, e acarretou alguns problemas imediatos e futuros. Vou começar a relatar algumas experiências que tenho feito durante o treinos na busca de resolver os problemas de pele e cabelo que me surgiram.

Grande exposição ao sol – Rosto

mantecorp-episol-water-gel-fps-30-protetor-solar327Comecei a passar protetor para evitar as marcas horrorosas da roupa e óculos e a vermelhidão que ficava na pele depois da corrida. Para as marcas, não adiantou – tenho um short e um top permanente no meu corpo (risos) e cara de guaxinim. Mas o vermelho camarão ardido passou.

Depois, estava vendo o capítulo de Grey´s Anatomy em que a Izzy descobre o câncer de pele (sim, a TV também ensina). Um das falas que mais me chamou a atenção tem a ver com esquecer-se de passar o protetor solar nas vezes que a mãe insistia. E que corredora nunca se esqueceu de passar protetor antes de dar as passadas? O problema é quando se torna uma constante. Então, aquela manchinha inofensiva pode se transformar em macha horrorosa e, então, o câncer de pele.

Pensando nisso tudo, procuro nunca esquecer o protetor. Uso dois: um para o rosto e um para o corpo. Para o rosto, minha dermatologista recomendou o Episol Gel fds 30, da Mantecorp. O motivo é que eu estava fazendo tratamento para acne e esse não afetaria minha pele já sensível. Usei durante um ano e é muito bom no começo. Depois de um ano, por vir em uma embalagem em muita quantidade, o produto acabou por alterar a composição e causar alguns problemas: gel pareceu ficar com mais álcool, o que fez a minha pele ficar bem seca e um pouco vermelha da irritação – principalmente depois da exposição ao sol; nos locais onde havia alguma sensibilidade ou ferinha, o produto ardia bastante; e aonde não espelhava tão bem formava uma película fina branca que parecia pele descascada, o que me irritava um pouco.

Isto constatado, fui a farmácia e achei o Episol Water Gel fds 30. Descobri que este é melhor ainda. A textura é bem menos oleosa e não tem álcool. Então, a aplicação é mais agradável, não arde ou deixa a pele vermelha depois da exposição. Detalhe importante: os óculos de sol não ficaram tão marcados como o outro – o que vai me fazer perder a cara de guaxinim… RS.

Serviço: eu paguei R$ 60 no Epison Water Gel fds 30 da Mantecorp na Drogaria São Paulo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s