Quase um ano de silêncio

Love

Muita coisa aconteceu nos últimos 11 meses: mudei de emprego, completei a primeira Meia Maratona, a primeira São Silvestre, a primeira Volta da Pampulha. Conheci novos restaurantes, bares, baladas, ruas e cantinhos de São Paulo. Viajei para NYC, onde fiz minha primeira corrida internacional (Ted Corbitt – 15K), me emocionei no Empire State Building e quebrei o paradigma de achar que Estados Unidos não oferece nada de bom. Conheci Belo Horizonte, voltei ao Rio de Janeiro e a Ilhabela e em todos esses lugares participei de uma corrida. Não viajei pra praia no Réveillon.

Assisti a pelo menos 50 filmes, li mais ou menos uns 12 livros, escrevi pelo menos 100 matérias, com incontáveis entrevistados. Tirei umas mil fotos, e tiraram muito mais de mim. Comprei cerca de 30 peças de roupas e sapatos, troquei de computador e de relógio. Comprei quatro pares de tênis e gastei todos nos treinos (destes doei 3 e mantive 1 para academia). Corri mais de 1000 km arquitetados pela mesma treinadora. Troquei de academia, mas fiz menos horas de musculação do que deveria. Fiz a costumeira dieta de todos os anos, mas consumi uns 20kg de chocolate.

Mudei o corte de cabelo completamente duas vezes, passei de morena para um pouco mais loira, pintei as unhas de diferentes cores. Formei-me na segunda faculdade e virei jornalista. Ganhei um sobrinho (que ainda não nasceu), uma nova casa (que ainda não moro), uma nova empresa (que ainda não começou a funcionar).

Fiz incontáveis novos amigos, mantive os antigos que valiam a pena e retomei contato com alguns sumidos há anos. Aproximei-me ainda mais da minha família, decidi levar uma vida mais leve. Briguei várias vezes com meu marido, mas fiz as pazes o mesmo número de vezes. Decepcionei-me algumas vezes, mas por diversas dei risada até chorar (e, no final, é isso que conta).

Por isso, desejo a todos um 2011 cheio de risadas, abraços, beijos, carinho de gente, carinho de bicho de estimação, cólo de mãe e abraço de pai, saúde, mudanças, experiências, queda, aprendizado, recuperação, gosto de chocolate e vento na cara. Desejo a todos os meus queridos um ano humano, com tudo o que a palavra HUMANO tem a oferecer. E que em 2011 você possa viver (mesmo que sem tanta intensidade ou mudanças) com a toda a singeleza, proeza e alegria que nós, meros mortais, podemos alcançar em 365 dias.

3 thoughts on “Quase um ano de silêncio

  1. Muito bom Flá!
    Que 2011 seja ainda mais intenso e fantástico!!
    Parabéns pelo aniversário e pela coragem de mudar tantas coisas.
    Beijos
    Colucci
    @antoniocolucci

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s