Amar e aprender – Vejo você no Próximo Verão

Toda mudança gera um desvio da zona de conforto. O amor, então… Apaixonar-se por alguém significa impreterivelmente transformar-se, mesmo que isso não seja algo que você queira. A paixão muda algo dentro da gente, faz com que consigamos enxergar aquém do nosso minúsculo mundo.

A razão é simples: pessoa, por quem nutrimos tais sentimento, tem horizontes e experiências diferentes das nossas que, claro, vão nos interessar (aliás, muitas vezes, são esses os motivos do sentimento nascer). Por isso, digo que, mesmo quando a pessoa reluta, afasta ou recusa a mudança (ou até mesmo o sentimento), ela acontece.

Na maior parte das vezes, quando há a possibilidade do desenvolvimento da paixão, as mudanças são mais intensas. Mergulhamos em um mundo novo e sem volta, recheado pelos gostos e experiências do outro. Você conhece novas bandas, novos filmes, novas atividades, novos hobbies… E, à medida que  o relacionamento amadurece, começamos a fazer coisas diferentes, temos escolhas diferentes, falamos diferente e construímos novos sonhos.

Pois é exatamente isso que acontece da vida de Jack (Philip Seymour Hoffman), no singelo “Vejo você no Próximo Verão”. O filme, dirigido por esse excelente ator que, há tempos, acompanho, me pareceu uma bela declaração de amor. Ele aborda a trajetória de um homem solitário, motorista de limusine em NY, que, quase sem querer, se apaixona por Connie (Amy Ryan).

Como há espaço para a evolução do sentimento, Jack investe e aprende uma porção de coisas novas para impressioná-la (e é isso que achei fenomenal – o paralelo perfeito entre aprofundar-se em um relacionamento e aprender novas coisas).

Como filme, é divertido, singelo e leve. Daqueles filmes que vão alegrar o seu dia,. Além disso, conta com excelentes atuações do próprio Phillip Seymour Hoffman,  Amy Ryan e John Ortiz (que faz o amigo de Jack). Se você quer ver um filme que não dê muito trabalho, sem ter que pensar muito para entender, escolha este na próxima sessão!

Ah, se vc for ver, preste atenção nas belas cenas de Jack imaginando fazendo as coisas… São excelentes. E na trilha sonora, linda tb!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s