Livros

“Uma pessoa que não lê não desenvolve espírito crítico nunca” Serginho Groisman no Homens Possíveis.

Comecei a gostar de ler quando criança exatamente com a série “Para Gostar de Ler” na escola. Acho que era na quarta ou quinta série. Porque gostei muito, meus pais compraram a coleção toda e eu devorava todos eles, um a um. Depois, foi a vez de Pedro Bandeira (A Droga do Amor, A Droga da Obediência, etc…); Lygia Fagundes Telles; Cartas a meu Filho; Meu Pai, meu Herói; o Mundo de Sofia… Devorei cada um deles. Tinha até alguns livros que vc escolhia o caminho a seguir, não sei se vcs lembram disso. Eu lia todas as alternativas e os diferentes finais.

Lembro o primeiro livro que comprei por mim: Insônia, de Stephen King. Comprei aos 14 anos para enfrentar uma viagem que, para mim, demoraria horas e horas – o intercâmbio a Cambrigde, na Laselva de Cumbica (até hj passo lá antes de embarcar e até hj minha relação viagem e livro se mantém). Era um livro enorme, pesado, e eu ficava me perguntando se eu iria conseguir ler tudo aquilo. Quando voltei, me enfiava na biblioteca para ler os livros do mestre do terror (Sonho de Verão; Carrie, a Estranha; o Iluminado; Os Justiceiros, etc…). Matava aula para ir ao Centro Cultural São Paulo ler livros, sentava lá no fundo da classe para ler Brumas de Avalon (e a professora não sabia que incentivava a minha leitura ou se brigava para eu prestar atenção na aula). Li Sydnei Sheldon com 17 anos (q vergonha, rsrs).

Li o primeiro Saramago nos primeiros anos de faculdade. Lembro até hoje primeira vez que peguei o primeiro livro dele nas mãos. Foi em uma Bienal do Livro… E eu estava com medo, muito medo de não entender aquele livro, medo de ler as cenas que tinha ouvido falar. Mas fui em frente… Li Ensaio sobre a Cegueira aos 19 anos em 5 dias. E lembro das cenas até hj.

Minha história com leitura sempre foi assim. Eu sempre li, sempre estou lendo alguma coisa, muitas vezes, mais de um livro por vez. Disso eu me orgulho de verdade, pq gostar de ler não é algo natural entre os brasileiros. Ler desde criança tb não.

Sempre pergunto aos meus pais como eles fizeram para isso acontecer. Até hoje, eu não sei… Não sei se foi algo meu mesmo ou algo passado por eles. Mas a certeza é que foi algo que, assim que eles perceberam, eles me incentivaram muito, não medindo esforços para me dar livros. E eu adoraria passar esse amor pelos livros para as pessoas; quem sabe para meus filhos, quando eu os tiver. Porque acho que a leitura fez alguma diferença em mim!

*Publicado originalmente no facebook em 14/Mai/2012.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s