Há romantismo neste ser

Mulheres são inevitavelmente românticas… Mesmo as mais duras, firmes e fortes (aquelas que todos os homens parecem ter medo) escondem uma vontadezinha de fofurices. Culpa? Hormônios, histórias, filmes, sonhos, tanto faz… A realidade, mesmo que explicada, é imutável.

Eis o fato: romantismo não significa pieguice. Não são as rosas vermelhas, os brincos de diamante, os chocolates importados, os

jantares à luz de velas, os poemas declamados (mesmo que muitas achem isso bastante fofo)… São atitudes inesperadas, os pequenos gestos gentis, as especiais palavras suaves, a quase desesperada vontade de não sair dali… O olhar, o sorriso, o tato, o abraço…

E o compartilhamento, o mais importante. A troca de um pouco do que existe em você com outro, sabendo que, se por algum motivo aquilo vir a acabar, esse pedaço vai ficar pra trás. Não um pedaço de tempo, um período que muitos dizem disperdiçado. Digo, com certeza, um pedaço de vida. E quando o outro está disposto a trocar pedaços de vida… Não, não existe nada mais romântico do que isso…

Mas nada disso são flores…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s