A arte

Pintados de pretos, os sonhos estão
E há uma tremenda força para colorí-los.
Mas é difícil exergar cores quando as paletas escurecem
Ou quando a tela branca está.

Enterrá-los no mais profundo buraco parece o caminho mais curto

O caminho mais certo, desde o começo
Atirá-los ao léu, ao vento a levar
E deixar o mar carragá-los até não se ver mais
Mas o tempo os retornam
Sujos, machucados, doloridos, irrealizados.

E temos que decidir se os deixaremos ao vento
Ou se vamos pintá-los até a tinta acabar.
Porque o real mata os sonhos
E aqueles que os colorem apesar de tudo são como heróis.
São meus heróis.

_____

Que um sonho, por menor que seja, se realize. Para mim e pra vcs.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s