Conformidade

Hoje só quero aquilo que você quer me dar. Chega de exigir, pedir, implorar. Chega de querer mais. Não vou mais fazer isso. Não vou pedir horas, companhia ou sentimentos além daqueles que vierem voluntariamente de você. Hoje, vou apenas receber. Eu até te darei coisas, a troca não deixará de existir. Mas darei exatamente aquilo que você me der, na mesma intensidade, na mesma hora. Além disso, não vou mais. Não cruzarei mais essa linha. Porque estou bem cansada de tentar levar-nos para uma direção mais segura, de remar sozinha contra a maré, de pedir para você remar comigo sem saber se é isso que você quer. Daqui para frente, só darei o próximo passo quando e se você o dar.

Vou me esforçar de maneira sobre-humana para lutar contra qualquer vontade minha que não tenha correspondência e intensidade exatamente igual em você: escrever, pedir, abraçar, conquistar. E uma força ainda maior para conseguir não pensar em querer mais, não pensar tanto em você, não sofrer tanto assim. Lutarei contra os meus impulsos e a minha natureza de querer ver tudo resolvido o quanto antes, atropelando tudo.

Ainda ficarei do seu lado, mesmo que no marasmo. Pode ser até que um dia eu canse, porque já sabemos que meu tempo não é o mesmo que o seu. Mas, mesmo assim, comprometo-me que mais adiante só seguirei quando e se nossos passos forem iguais e paralelos. Não vou mais me adiantar, não vou mais colocar a minha intensidade a frente da sua. Manteremos o curso na sua direção, sua velocidade, sua intensidade.

Porque não quero mais competir, quero compartilhar e construir juntos o que decidirmos juntos construir. Não quero puxar, empurrar ou definir rumos sozinha. Agora quero seguir o ritmo junto contigo, mesmo que, para mim, seu ritmo seja lento e pareça que nunca sairemos do lugar.

E, caso tudo isso me entendie, eu vou para longe de novo, disparo correndo para outra direção, mas com a certeza que farei sem estardalhaços. E, principalmente, sem enxergar sozinha o que não existia, vendo exatamente o mesmo que você. Porque aprendi com você que para sonhar, só se for junto; para ver o futuro, só se vermos juntos juntos; para considerar o próximo passo, só se concordamos em andar juntos. E nada mais do que isso.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s