Inacabada

228958_10151085742714962_1924065836_n

Hoje tronsformo-me em chuva
Por um boneco de outrem.
Mas não por inveja
Ou qualquer possessão.
Apenas pela saudade de brincá-lo.

Amanhã, talvez, seja o boneco
Que, ao ganhar uma vida inexistente,
Uma vontade quase impossível,
Transforme-se em tormentas
E tente mover montanhas.

Mas hoje, cegamente, só penso
Em esquecer aquela beleza
A diversão e os olhos
Tento existir sem lembrar
E apressar o relógio.

Porque palavras são esquecidas
Promessas enfraquecem
Sentimentos se equilibram frágeis
Quando o tempo não é igual.

Será que um dia nossos relógios estarão compassados?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s