Fuga

257978_10150194855079962_435625_o

Eu tenho um carinho raro
É quase nunca

Eu tenho um carinho tão caro
É quase tudo

Eu tenho carinho dividido
É sempre negativo
Mas insisto
Compartilho

Eu tenho um carinho de outro
E de mim, só um pouco, fico.

Advertisements

Há romantismo neste ser

Mulheres são inevitavelmente românticas… Mesmo as mais duras, firmes e fortes (aquelas que todos os homens parecem ter medo) escondem uma vontadezinha de fofurices. Culpa? Hormônios, histórias, filmes, sonhos, tanto faz… A realidade, mesmo que explicada, é imutável.

Eis o fato: romantismo não significa pieguice. Não são as rosas vermelhas, os brincos de diamante, os chocolates importados, os

jantares à luz de velas, os poemas declamados (mesmo que muitas achem isso bastante fofo)… São atitudes inesperadas, os pequenos gestos gentis, as especiais palavras suaves, a quase desesperada vontade de não sair dali… O olhar, o sorriso, o tato, o abraço…

E o compartilhamento, o mais importante. A troca de um pouco do que existe em você com outro, sabendo que, se por algum motivo aquilo vir a acabar, esse pedaço vai ficar pra trás. Não um pedaço de tempo, um período que muitos dizem disperdiçado. Digo, com certeza, um pedaço de vida. E quando o outro está disposto a trocar pedaços de vida… Não, não existe nada mais romântico do que isso…

Mas nada disso são flores…

Perfeição

Não me interesso por perfeição.
Nem por histórias de felicidade eterna.
Por essas vidas que andam por aí gabando-se de concretude certeira.
(E como podem elas assim ser num mundo tão abstrato?)
Jogo todas no lixo, limbo. (Elas exigem muito de mim)

Não, não me venha pedir perfeição
Aqui, só encontrará o desastre do humano humano.
A bagunça de histórias errôneas e imprevisíveis
E a liberdade da possibilidade de permanecer humano.

Eu apenas sou:
um projeto de escritora,
uma artista de ruas estreitas e envelhecidas,
uma pensadora de mesa de bar.
Libero-me da obrigatoriedade das atitudes coerentes, perfeitas e concretas.
Libero-me da obrigação de agradar a Gregos, Troianos ou Baianos.
Quero apenas ser de qualquer forma; existir aos tropeços, levitar por aí.

O resto, deixo para as máquinas, para as ficções, para as Polianas e para as Dorianas.

Minha primeira (e possivelmente última) experiência com a X6

8-bmw-concept-x6

Na semana do réveillon fui para Ilhabela. Desconfiava que os milionários desfilariam seus barcos pelos 120 km de costa da Ilha mais afetados e em maior quantidade comparando aos outros anos. O ir e vir dos iates, que mais pareciam navios de cruzeiros, comprovou minha teoria de que pessoas com muito dinheiro não deixaram de gastar devido às perdas consequentes da crise mundial, elas apenas deixaram de gastar no exterior.

Aproveitando as férias no litoral norte paulista, resolvemos que iríamos todos pescar. Os homens arrumaram seus equipamentos meticulosamente, enquanto as mulheres relaxavam ao som de música popular brasileira. Após muito ir e vir, conseguimos seguir em direção ao píer, localizado depois da Vila.

No caminho, tivemos a sorte de passar alguns minutos atrás da nova BMW X6. Digo sorte não pelo carro em si, mas pela possibilidade de presenciar as mais diferentes reações a passagem deste imenso pedaço de metal. Nunca, em toda a minha vida, imaginei que aqueles comerciais de carro que vemos fossem, de fato, reais. Sem exageros, não houve uma pessoa se quer sem quebrar o pescoço com a passagem da BM. Homens paravam e viravam-se totalmente,  com aquela mesma reação dos peões de construção quando uma mulher “gostosa” passa. Mulheres, surpreendiam-se com o tamanho imenso da lataria e esboçavam as mais engraçadas feições – a inesquecível foi da senhora quase zulu de biquíni de oncinha. Adolescentes quase emitiam um grito de surpresa quando colocavam os olhos pela primeira vez nesta máquina.

Perguntei ao meu namorado:

– Se de um lado Gisele Bünchen passasse de fio dental e do outro a X6, para onde você olharia?

– Acho que minha cabeça daria tilt! Não saberia o que fazer.

Ok, os números justificam tamanha euforia: “A versão topo-de-linha é capaz de acelerar aos 100 km/h em apenas 5,3 segundos, graças ao inédito motor V8 biturbo de 4,4 litros e 408 cv de potência”, diz a Revista Quatro Rodas. A roda, de liga leve, tem 19 polegadas; o carro mede 1,690 m de altura e o valor sugerido do modelo mais básico é de R$ 325 mil. A máquina circulando pelas ruas esburacadas da Ilhabela prova que, mesmo com ou sem crise mundial, milionários continuam milionários e gastam fortunas com produtos inatingíveis aos meros mortais. Resta-nos apenas observar!

Para saber mais: http://www.bmw.com.br

Os mais belos homens

A prática de fazer listas TOP sei-lá-das-quantas-de-algo sempre me irritou. Um dos motivos é que eu nunca consegui colocar coisas que gosto ordenadamente. Sempre fico muito indecisa quando preciso escolher o que vai antes ou depois, um sentimento que não gosto de ter. Outro é que excluir algo que gosto muito da determinada enumeração por falta de espaço me dá desespero de verdade. Fico pensando: “mas isso é tão bacana, não pode estar fora!”. De resto, sempre achei que coisas sem muita importância não mereciam tanta atenção.

Há alguns anos, namorei um cara cujo principal hobby era colocar em tópicos ordenados pela preferência qualquer coisa que aparecesse na frente. Era Top Tudo: Top Melhores Álbuns Históricos, Top Melhores Músicas de Rock Melódico, Top Melhores Filmes sobre Bandas, Top Melhores Baurus, Top Melhores Personagens de Quadrinho Alternativos… Quando ficava indeciso, recorria a mim para o desempate. Obviamente, escolhia aleatoriamente o que merecia entrar na lista. Foi nesta época que o filme Alta Fidelidade chegou às locadoras, aquele que o John Cusak lista muitas e muitas coisas, os maiores foras, os melhores discos… Este, obviamente e instantaneamente, arraigou as primeiras posições do TOP 10 Filmes que marcaram a vida dele. À época, não me espantou!

A despeito de tudo isso, resolvi acabar com meus preconceitos ao ordenar – quase que preferencialmente – os homens mais belos, elegantes e sexys da face da Terra. Um Top 5 de Homens Maravilhosos. Um trabalho muito difícil, considerando que analisei profundamente inúmeras fotos de todos eles. Cheguei à seguinte conclusão: não consigo decidir quem deve participar da lista. Portanto, segue uma das listas – mais ou menos pronta! Abaixo, coloquei os possíveis homens que se alternam com os cinco da lista – só para eles não perderem o espaço!

jude-law111

  1. Judy Law – a cada vez que assisto qualquer coisa deste homem fico espantada em como pode existir tamanha beleza na Terra. A boca e as expressões são os melhores detalhes. Posso passar as horas do filme só admirando.
  2. img_1568_482

  3. Chris Cornell – ele não só tem corpo e feições perfeitas, como também tem aquela voz, sabe? Aquela voz que derrete qualquer mulher, mesmo se ele fosse terrivelmente feio.
  4. atacante-beckham

  5. David Beckham – não sei se prefiro o corpo, o rosto, as habilidades… Só sei que ele não poderia ficar de fora da lista. Detalhe: adoro homem tatuado!
  6. brad_pitt

  7. Brad Pitt – Não, não poderia esquecer! Este eu acompanho desde o filme Entrevista com o Vampiro. E, a cada filme que ele faz, mais bonito ele fica. Em Tróia, a beleza atingiu um dos ápices!
  8. gael_garcia_bernal_w_31309j

  9. Gael Garcia Bernal – A altura não importa, mesmo pequeno tem uma boca que pelamordedeus! Ele doente em Diário de Motocicleta foi uma coisa… Eu, particularmente, adoro boca de homem. Adoro.

Ewan Mcgregor, Eddie Vedder, Edward Norton, Dave Grohl, Marcelo Antony, e muitos outros que não consegui lembrar!

Para acompanhar: Café? Que nada! Ataque aquela barra de chocolate escondida!