Normaderm Tri-Activ: hidratante para pele oleosa

Estive ontem, 04/04, no evento do Normaderm Tri-Activ, da Vichy Brasil. O lançamento foi super bacana, já que contou com a palestra que esclareceu diversas dúvidas sobre o meu tipo de pele: a oleosa e com tendência a imperfeições.

Fiquei sabendo que 60% dos brasileiros tem tendência a pele oleosa, que pode ser relacionado a fatores hereditários, hormonais e locais. Essa última questão me chamou bastante atenção, pois eu particularmente não sabia que pessoas que vivem em países de temperaturas mais altas, no caso nós, brasileiras, têm maior tendência a ter pele com oleasidade (a relação é de que a cada 1ºC a mais de temperatura, a oleaosidade aumenta em 10%). E a oleaosidade se define pela atividade da glândula sebácea e não pela quantidade: quanto mais ativas são as glândulas, mais sebum ela produzem.

A pele oleosa tem algumas vantagens, como o retardamento do envelhecimento. Mas as desvantagens são inúmeras também: pele irregular e brilhante, propensão para o desenvolvimento de cravos, a maquiagem derrete com o dia… Mas nada me irrita mais do que a propensão ao desenvolvimento de espinhas. É extremamente difícil achar um hidratante, um tônico, um creme anti-idade, um protetor solar e uma base que não faça surgir uma bela de uma espinha horrível na cara.

Depois de muito tentar, achei algumas opções de gel de limpeza e tônico adstringente (assuntos para outro post) e, ontem, encontrei uma opção de hidratante: o Nomaderm Tri-Activ. Ele promete matificar a pele (uniformizar), reduzir imperfeições e garantir 24h de hidratação. Comecei a testar hoje para ver a eficácia do produto e já adorei o perfume e a textura do produto.

Vocês que acompanham este blog devem saber que beleza não é o assunto forte, contudo, como o Expresso é escrito por uma mulher, no caso eu, extremamente vaidosa e preocupada com a saúde, esse não é exatamente um assunto que foge do meu interesse. Até mesmo porque, quem der uma passadinha no meu banheiro vai notar que o que eu mais tenho são cremes, maquiagens e perfumes.

Aproveitando a ação, vou lançar a primeira promoção do blog! No dia 29 de abril, às 15h, acontecerá o sorteio do novíssimo produto da @VichyBrasil, o Normaderm Tri-Activ e de uma linda necessaire. Para participar, basta seguir o Twitter do blog @oexpressoblog e retuitar a frase: “O @oexpressoblog sorteará o novo  Normaderm Tri-Activ da @VichyBrasil. Dê RT, siga @oexpressoblog e concorra http://kingo.to/xFu+

Regras do sorteio:

  • Só serão considerados os RT com o link: http://kingo.to/xFu+
  • Se o sorteado não seguir o @oexpressoblog, estará automaticamente desclassificado (a conferência será feita logo após o sorteio
  • O sorteio será feito pelo site Sortei-me.com
  • O sorteio acontecerá no dia 29 de abril, às 15h.
  • O ganhador irá ser contatado por DM e divulgado neste post e no Twitter @oexpressoblog.
  • Promoção válida apenas para território nacional.

Participem e divulguem!

***

Aproveitando esse post, vou comentar de um assunto que é sim recorrente neste blog: comunicação. A estratégia de comunicação desenvolvida pela Vichy foi bastante interessante. A empresa resolveu lançar o produto apenas para os blogueiros, ao seja, nenhum jornalista foi convidado para participar do evento.

Para atrair a atenção das meninas, a empresa deu um treinamento bem esclarecedor sobre o assunto, apresentando as soluções da marca para este tipo de pele. Além de mimos, como uma bolachinha e um cupcake bem fofos, e o produto em si para cada uma testar e fazer uma ação no blog, nada foi oferecido em troca. Estavam presente 10 blogueiros.

Advertisements

Conversa Paralela – os assuntos da semana

Fico indignada com a política e o jornalismo no Brasil. Na minha humilde concepção, os partidos políticos deveriam ser responsáveis pelas asneiras que seus parlamentares aprontam. Acredito piamente que o Partido Progressista deveria pagar no mínimo uma multa pelas besteiras de Bolsonaro falou (para mim, o mais justo seria a diminuição do número de parlamentares lançados pelo partido). Também fico indignada com jornalistas que não publicam em negrito o partido do político que está fazendo asneiras. Deveriam publicar em vermelho, para que o público tome conhecimento dos partidos que abrigam esses absurdos.

***

A Amazon lançou esse mês uma ferramenta de Cloud Computing extremamente interessante para pessoas como eu: aficionadas por música e que trabalham com mais de 1 computador. Na realidade, a ferramenta armazena dados, como qualquer outro disco virtual, possibilitando que você coloque músicas, arquivos e fotos na rede para acessá-los de qualquer lugar. A grande novidade está na criação de um player, que toca do disco virtual as músicas que você armazenou lá (um Last FM, só que apenas com músicas que você colocou). A Amazon disponibiliza para o usuário 5gb de memória de graça (se você quiser mais espaço, começa com US$ 20/ano para 20gb), só é necessário se registrar. Além disso, quando você adquire uma música pela Amazon, você pode colocá-la neste disco que ela não contará como espaço.

A Amazon é pioneira em Cloud Computing no mercado de músicas online, saindo na frente inclusive das gigantes Apple e Google sai na frente das gigantes Apple e Goggle em Cloud Computing no mercado de músicas online (correção por Samuel Joaquim, que me apresentou o http://www.box.net). Fico aqui torcendo para que o próximo passo seja a integração deste serviço com os Smartphones.

Para conhecer, acesse: www.amazon.com e vá até Amazon Cloud Drive

Nota: Por enquanto a possibilidade de ouvir músicas na nuvem ainda está restrita aos EUA. E eu achando que ía me divertir horrores!

***

Está em voga no mercado das magazines o que os jornalistas e especialistas estão chamando de Fast Fashion. A tendência, que começou em 2004, quando o estilista Karl Lagerfeld levou as mulheres novaiorquinas à beira da loucura ao lançar uma coleção para H&M a preço mais acessíveis, chegou ano passado ao Brasil. Os estilistas renomados criam modelos com materiais de qualidade pior do que normalmente usam, barateando assim a produção.

A intenção é boa, as grandes lojas dizem que é um jeito das classes C e D terem acesso aos grandes monstros da moda brasileira e do mundo. Eu tenho enormes dúvidas quanto ao discurso bonzinho. Já comprei peças da Maria Bonita Extra e Stella McCartney na C&A e andei vendo a coleção da Osklen para Riachuelo. Confesso que em nenhuma das lojas vi preços realmente acessíveis (não acho que, para classes C e D, é razoável pagar R$ 70 em uma blusa). Tenho certeza de que este discurso de accessibilidade esconde a verdadeira intenção de lojas desse tipo: chamar os públicos A e o B para loja, aumentando assim as vendas – já que esses consumidores estão dispostos a gastar mais em uma peça roupa. Eu, que adoro moda, fico feliz – afinal sei o quanto eu pagaria para ter qualquer peça destes estilistas em suas lojas convencionais (será que haverá uma coleção com Marc Jacob?).

De qualquer forma, para quem gosta de moda, vale conferir no domingo (03 de abril) o lançamento da coleção Outono/Inverno da Riachuelo, criada pela Cris Barros. Mas prepare-se para lutar por uma peça de roupa!

***

A Vichy, linha de cosmético que ADORO, vai lançar um produto novo no mercado na próxima segunda. Ficou curiosa? Acesse este blog no dia 4 de abril!

***

Parece que o The Cure estará aqui no Brasil no segundo semestre. Apesar de “so 80’s”, a banda continua sendo referência na minha vida. Por isso, a música escolhida para este post é Just Like Heaven.

No espelho: Nativa Spa

xampu

Condicionador Nativa SpaA minha busca de xampus e condicionares decentes para restauração dos cabelos vem de longa data. Já testei inúmeros que tiveram resultados insatisfatórios. Até que, na volta de uma viagem, minha mãe me deu de presente o xampu e condicionar para restauração dos fios da linha Nativa Spa, de O Boticário. Estou usando há dois meses e, pasmem: esse realmente funciona!

Como eu já disse, meus cabelos são danificados pelo vento e sol, pelos elásticos de cabelo e por serem muito compridos. Eles viviam cheios de pontas triplas, quebrados, desidratados e com frizz. Com o uso frequente destes produtos, consegui diminuir todos os problemas – o único que não me satisfez foi a redução de pontas duplas (acho que a única solução será cortar mesmo).

Resultados comprovados, vamos falar do resto. O perfume é maravilhoso – de cereja, bem refrescante. Gostei tanto que voltei na loja e comprei o perfume da mesma linha. E a cor é linda, um vermelho vinho bem forte… Estou totalmente satisfeita. Quando os resultados pararem de aparecer, eu conto.

Ah, estou ansiosa para ter os produtos Milk, da O Boticário também. São fofos demais!

Serviço

Onde comprar: O Boticário

Preço: R$ 19,90 cada (O xampu tem 400 ml e o condicionador tem 250m); R$ 39,90 a deo colônia.

Cabelos: tratamento noturno Elsève

loreal noturnoEu tenho dois problemas naturais de quem pratica esporte outdoor: cabelos ressecados pelo sol e danificados pelo vento. E estou em busca quase desesperada para resolvê-los.

Há algumas semanas, quando estava entrando no Parque Ibirapuera para o treino de sábado, eu recebi duas amostras do creme para Elsève Tratamento Noturno Nutrição 10x, da L´Oréal. Fiquei curiosa e resolvi testar. Afinal, o creme promete exatamente o que eu preciso: maior nutrição. Além disso, eu segui o conselho do Din, meu cabeleireiro: “tudo que é da L´Oréal é bom!”

Descrição: o produto tem um aroma suave, que inicialmente não me agradou muito – achei que lembrava plástico. Apesar disso, resolvi seguir com o tratamento. A textura é leve, parece um leave-in gel, um pouco mais aquoso (a cor a branca, um pouco transparente). O preço é de cerca de R$ 10 do Extra por um frasce de 150ml – o que vale muito a pena, pois só é preciso usar um pouquinho para sentir o efeito.

Como usar: Eu uso o produto de 2 a 3 vezes por semana, sempre quando irei lavar o cabelo no dia seguinte. Aplico bem pouco, apenas nas pontas, antes de deitar e com os cabelos secos.

Resultado: Senti que meu cabelo ficou, de fato, mais maleável, macio e com brilho. Gostaria que o efeito fosse maior, mas, nas últimas semanas, tenho ouvido sempre as pessoas comentarem: “Nossa , como o seu cabelo está bonito!”. Ou seja, o produto deve fazer bastante diferença!

Nota: 9, o preço é ótimo, o uso é econômico e o resultado é excelente e dentro da proposta do produto. Recomendadíssimo!

Pele de corredora

Faço esporte outdoor – corro, pelo menos, 2 vezes por semana e ando de bike uma vez. Durante o final de semana, o horário que uso para a prática de esportes ao ar livre é o pior possível: entre 10h00 e 12h00. Ou seja, quando o tempo permite, entro em contato com o sol ao menos duas vezes por semana em horários perigosos. Isso modificou meu cabelo e pele, que passaram de oleosos a secos, e acarretou alguns problemas imediatos e futuros. Vou começar a relatar algumas experiências que tenho feito durante o treinos na busca de resolver os problemas de pele e cabelo que me surgiram.

Grande exposição ao sol – Rosto

mantecorp-episol-water-gel-fps-30-protetor-solar327Comecei a passar protetor para evitar as marcas horrorosas da roupa e óculos e a vermelhidão que ficava na pele depois da corrida. Para as marcas, não adiantou – tenho um short e um top permanente no meu corpo (risos) e cara de guaxinim. Mas o vermelho camarão ardido passou.

Depois, estava vendo o capítulo de Grey´s Anatomy em que a Izzy descobre o câncer de pele (sim, a TV também ensina). Um das falas que mais me chamou a atenção tem a ver com esquecer-se de passar o protetor solar nas vezes que a mãe insistia. E que corredora nunca se esqueceu de passar protetor antes de dar as passadas? O problema é quando se torna uma constante. Então, aquela manchinha inofensiva pode se transformar em macha horrorosa e, então, o câncer de pele.

Pensando nisso tudo, procuro nunca esquecer o protetor. Uso dois: um para o rosto e um para o corpo. Para o rosto, minha dermatologista recomendou o Episol Gel fds 30, da Mantecorp. O motivo é que eu estava fazendo tratamento para acne e esse não afetaria minha pele já sensível. Usei durante um ano e é muito bom no começo. Depois de um ano, por vir em uma embalagem em muita quantidade, o produto acabou por alterar a composição e causar alguns problemas: gel pareceu ficar com mais álcool, o que fez a minha pele ficar bem seca e um pouco vermelha da irritação – principalmente depois da exposição ao sol; nos locais onde havia alguma sensibilidade ou ferinha, o produto ardia bastante; e aonde não espelhava tão bem formava uma película fina branca que parecia pele descascada, o que me irritava um pouco.

Isto constatado, fui a farmácia e achei o Episol Water Gel fds 30. Descobri que este é melhor ainda. A textura é bem menos oleosa e não tem álcool. Então, a aplicação é mais agradável, não arde ou deixa a pele vermelha depois da exposição. Detalhe importante: os óculos de sol não ficaram tão marcados como o outro – o que vai me fazer perder a cara de guaxinim… RS.

Serviço: eu paguei R$ 60 no Epison Water Gel fds 30 da Mantecorp na Drogaria São Paulo.

Final de tarde!

imagem-0041

Adoro a luz do final de tarde. Tem dias que tudo está especialmente mais bonito, com tons alaranjados, amarelados e azulados. Adoro as fotos com essas cores, adoro os raios do sol quase se pondo por entre árvores e prédios. O momento dura apenas alguns instantes, a cada estação do ano é diferente. Sempre olho e, no caso, fotografo. O mais esquisito é que nesse milésimo de segundo, sem mais nem menos, uma poesia invade o ar de São Paulo – que de poética nada tem. O trânsito, de caótico torna-se agradável, dá uma pausa para olhar, e o céu tinge-se de Vanilla ou brigadeiro. Logo, a magia acaba e quase ninguém nota…