Gatos

Gato

O odeio gatos, esses seres insolentes. Tão independentes e tão donos de si mesmo, metidos, blasês, despreocupados e elegantes. Andam na ponta dos pés, de maneira graciosa e equilibrada. E, sem mais nem menos, são carinhosos. Bonitos, conquistam os que tiverem a sua volta. Odeio os gatos.

Para acompanhar: Cappucino da Ofner, bem doce.

Advertisements